terça-feira, 19 de março de 2013

ESCRITÓRIO DA CAERN DE APODI


A rede de abastecimento d’água da cidade de Apodi foi concluída no mês de janeiro de 1978. Sua inauguração ocorreu no dia 30 de março de 1979, pela Companhia de Águas e Esgotos-CAERN. O manancial abastecedor é o poço tubular TRAPIÁ C-2, localizado no Vale do Apodi, com 40 metros de profundidade e vazão horária de 45 mil mil litros. A rede de abastecimento tem 10 quilômetros de extensão e adutora de 5,4 km. Os investimentos para a implantação desse importante melhoramento foi na ordem de cinco milhões de cruzeiros. Apodi foi a milésima cidade do Brasil a receber abastecimento d’água através do PLANAZA – Plano Nacional de Abastecimento dágua. Por esse motivo, esteve presente à inauguração o Dr. MAURICIO SHCULMANN, Presidente do Banco Nacional de Habitação, financiador do projeto. Também esteve presente, o Dr. Tarcísio Maia, Governador do Estado do rio Grande do Norte. O primeiro chefe do Escritório da CAERN de Apodi foi LUIZ ALVES DE CASTRO

NÚMERO DE LIGAÇÕES EM 1979


O número de ligações dágua, na sede do município de Apodi, na época da inauguração (1979):
LIGAÇÕES RESIDENCIAIS ......................995
LIGAÇÕES COMERCIAIS ......................... 40
LIGAÇÕES DE PRÉDIOS PÚBLICOS..... 223
LIGAÇÕES INDUSTRIAIS ,........................   2

LUIS ALVES DE CASTRO - 1° CHEFE DO ESCRITÓRIO DA CAERN DE APODI


PRIMEIRO CHEFE DO ESCRITÓRIO DA CAERN EM APODI
LUIZ ALVES DE CASTRO, natural de Alexandria-RN, nascido a 3 de dezembro de 1947, filho Francisco Curioso de Castro e de Valda Alves de Oliveira. Chegou na cidade de Apodi em Apodi em 1950, por motivo da transferência de seu pai, como policial militar, para atuar de na cidade de Apodi, e como, na época, a PM era muito mal remunerada, foi morar numa humildade casa em frente a matança, como era conhecido o abatedouro na época. Nessa residência, as quintas ou sextas feira, sua mãe, Dona Valda, precisava sair para casa de familiares, a procura de algo para alimentação dos filhos, tendo que deixar e seus irmãos a mercê da sorte, já que eram todos menores, sozinhos dentro de casa. E por muitas vezes chegava e encontrava as poucas coisas de sua casa reviradas, por vacas e boi mascarados, que vinham para para serem abatidos na matança, encontrava as crianças sendo protegida pelos próprios vaqueiros, que vinham conduzindo o gado para o abate. Muitas das vezes, Luiz e seus irmãos não tinha para comer. Farinha de mandioca molhada c om óleo comestível da marca Cariri, como jantar. Dormia ele e seu irmão Zé em uma só rede e quando um dos dois urinava na mesma, tinha que aguentar aquele sofrimento até o dia manhecer, pois só tinha uma tipóia (rede), depois de quase cinco anos de muito sofrimento, passaram a morar por dois anos na Rua Antonio Lopes Filho, mas precisamente na casa que hoje mora a família do senhor JOÃO REGO, e que era de propriedade dos seus avós maternos, ALFREDO e Mariquinha, em seguida, foi morar na Rua São João Batista, nas proximidades do Banco do Nordeste, e somente em 1962 passou a morar na Rua Marechal Floriano tendo como vizinho Dona Nega de Neném Bezerra. De acordo com o livro HISTÓRIA DE UM PAU DE LATA, de autoria de Luiz de Castro, ele, na condição de muito curioso logo se interessou pelo rádio, o senhor Raimundo Vieira de Souza, na época seu professor de ciências, era correspondente da Rádio Rural de Mossoró, e naquele período estava se transferindo para a cidade de Mossoró. Onde assumiria trabalho no Nanco do Nordeste em concurso que havia passado, mediante, ofereceu, para que o mesmo ficasse como correspondente, no lugar dele, logo aceito. Para ele foi uma das maiores alegrias que passou em sua vida. Foi para Mossoró no dia seguinte, mas precisamente no dia 5 de maio de 1963, paraque pudesse apresentar-se ao então diretor da Rádio Rural, o Padre Américo Simonetti, dai passou a ser correspondente oficial, e a coordenar todas as festividades que a Rádio Rural promovia na região, como concurso de a Mais Bela Voz” até o ano de 1984.
No dia 14 de agosto de 1974 foi nomeado como Operador da CAERN para trabalhar na cidade de Apodi, juntamente como o senhor JOSÉ NÉRI DE SOUZA e VALDOMIRO PEDRO VIANA, exonerado em 22 de maio de 1975, por falta de serviço, porém, chefiou no período de agosto de 1989 a janeiro de 1985, o Escritório da Companhia de águas e Esgotos do Rio Grande do Norte, tendo sido o primeiro chefe da CAERN na cidade de Apodi
TEXTO - HISTÓRIA DE UM PAU DE LATA, DE LUÍS DE CASTRO
FOTO - CORREIO DO OESTE

mais

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
COM 17 BLOGS E 1483 LINKS

STPM JOTA MARIA

STPM JOTA MARIA
HONESTIDADE, HUMILDADE E SINCERIDADE

Acerca de mim

A minha foto
SOU TRICOLOR DE CORAÇÃO, BARAÚNAS, O MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ

LINKS DE APODI